Nº. 1 of  77

CARTAS PRA ELA

Uma válvula de escape.

Nós

Meu querido amor,

Quero iniciar esta carta dizendo o quanto esses dias ao seu lado me fizeram bem. Quero contar pra ti como eu enxerguei toda essa nossa história, espero que não se importe…

Era uma sexta-feira, dia 12 de novembro para ser mais específico, e eu estava já com as minhas malas prontas e à cominho do aeroporto, finalmente estava chegando a hora de te ver.Meus amigos ficavam rindo do meu nervosismo que era evidente a cada passada de mão no cabelo ou estralada de dedos dentro no avião. Eles falavam que eu estava parecendo um idiota, um criança de 5 anos de idade louca para receber os presentes de aniversário ou de Natal. Talvez eu estivesse daquele jeito mesmo, você sabe como eu sou, um completo bobo quanto o assunto é você. E sabe, me contaram que a situação se agravou quando eu pisei no aeroporto do Rio de Janeiro.Naquele momento eu não só estava demonstrando o meu nervosismo através de passadas de mãos nos cabelos, estraladas de dedos, como também nas mordidas nos lábios e olhos apreensivos.
Logo que cheguei resolvi te ligar para avisar, como o combinado. Você atendeu surpresa pois eu nunca te ligava, não só pelo fato de não gostar de falar no telefone mas pelo fato de não ser o cara mais responsável do mundo. Mas naquele momento você não estava daquele jeito, surpresa e ao mesmo tempo nervosa com alguma coisa, apenas pelo fato da ligação, havia algo à mais e essa eu descobri logo depois que te perguntei quando que podíamos sair juntos. Você estava indo viajar com suas amigas e não podia desmarcar. É, o meu mundo desabou com poucas palavras suas. “Será que eu não conseguirei vê-la de novo? Isso não pode acontecer!” foi o que eu pensei. Desligamos o telefone. Fiquei em silêncio o caminho inteiro à minha tia.
Fui o caminho inteiro do aeroporto ao apartamento calado. Os meus amigos me perguntavam o que aconteceu e eu não os respondia, não por falta de vontade, mas por falta de forças. Até o momento em que subi, sentei no sofá e compartilhei com eles o que havia acontecido. Ninguém acreditou, aquela história - a nossa história - estava mais para uma novela mexicana. Porém, um momento o meu amigo me falou “Por que você não vai encontra-la?” . Essa era a idéia perfeita apesar de ser arriscada demais, mas era arriscar ou te perder mais uma vez. Te mandei uma mensagem, você se lembra, perguntando pra onde você iria e tive como resposta o nome de um hotel a uns 200 km de onde eu estava. Não pensei duas vezes, procurei o endereço certinho, peguei o carro com os meus amigos e parti para te encontrar. Antes passei numa floricultura, comprei um buquê e outras rosas soltas, e então fui ao seu encontro.
Passei o trajeto inteiro pensando se conseguiria te encontrar e quando isso acontecesse o que iria te falar. Planejei diálogos. Imaginei cenas. E fiquei com o coração apertado toda vez que olhava para o relógio e percebia que o tempo estava passando e de você eu estava me aproximando. Mas então chegamos logo após que havia anoitecido, eu e meus amigos, na frente do hotel em que você estava. Entramos, pegamos um quarto e eu te liguei. Inventei uma desculpa idiota de que precisava saber onde você estava apenas pelo fato de não me conformar de estar tão perto mas ao mesmo tempo tão longe de ti. Você me disse que estava no seu quarto com suas amigas, e foi exatamente nessa hora que eu tive uma idéia maluca, sem noção, besta e completamente perigosa de te fazer uma surpresa.
Rodei o hotel inteiro, procurei saber qual era o seu quarto e felizmente o achei. Fui na sua janela com o meu violão, a cara e a coragem. Primeiro eu peguei as rosas - aquelas soltas que comprei antes - e joguei na sua janela que estava fechada e então jogava as flores no chão da sacada. Você saiu sem entender nada e provavelmente deve ter pensado “Qual o motivo de ter um garoto em frente ao meu quarto cantando e jogando flores?” . Não sei o que você realmente pensou, se gostou ou não, mas naquele momento esboçou um sorriso - o mais lindo do mundo - e ficou me olhando tentando entender o que estava acontecendo. Logo depois de eu terminar a música, me perguntou quem eu era com um ar de quem já sabia a resposta, e eu lhe respondi que era o cara mais apaixonado do mundo. Na mesma hora o seu rosto ficou vermelho e você disse meu nome. Eu confirmei e então me dissestes que era para eu a esperar pois estava descendo naquele mesmo instante.
Nesse meio tempo eu corri pra pegar o buquê de rosas que havia comprado pra ti, e tratei de coloca-lo rente as minhas costas. Você chegou meio que correndo e então me deu um abraço apertado. Olhei em seus olhos e confesso que fiquei paralisado, eu havia encontrado neles o paraíso. “Cara, o que você tá fazendo aqui?” “Vim te encontrar, fiz mal?” “Não, óbvio que não, eu apenas estou surpresa com tudo isso, é muita surpresa pra um dia só…” “Eu não podia vir para o Rio de novo e não te encontrar. Uma vez você me falou que quem viaja por amor não acha que mil metros sejam mais longos que um, e então eu resolvi testar pra ver se isso era verdade.” Você me olhou com uma cara de surpresa, mas parecia que tinha gostado dessa. Eu lhe entreguei o buquê de flores e pedi desculpa pela demora, mas que esperava ter sido o primeiro a dá-lo, como nós combinamos um dia. Ele, o buquê, tinha 15 botões, um para cada mês que passei pensando em você e querendo que aquele momento se tornasse realidade.
Bom, passamos o resto da noite juntos, até a hora de você ir dormir. Se lembra que eu não conseguia solta a sua mão para te deixar ir ao seu quarto? É, acho que te puxei de volta pra perto de mim inúmeras vezes para te abraçar e te beijar como se fosse a primeira vez. Eu sei que sou um idiota mesmo, mas eu realmente tinha medo de te soltar e perceber que tudo aquilo era um sonho, o melhor sonho de todos. Confesso que no meu quarto eu não consegui dormir direito, a única coisa que pensava era em te ver de novo, em ficar perto de você, em te abraçar, em te beijar, em ouvir a sua voz, em ver o seu sorriso… E assim foram os três dias que passamos juntos. Os mais longos, mas ao mesmo tempo, mais curtos da minha vida. Horas passavam voando ao seu lado, e segundos pareciam eternidade longe de ti. E isso continua.
Não queria lembrar dessa parte da história, mas se recorda da despedida? Voltamos juntos ao Rio e passamos o resto do dia assim, até o momento em que você foi no aeroporto comigo. O meu coração ficava apertado a cada chamada de vôo e cada passo dado no saguão. As minhas mãos já estavam escorregadias, mas você as segurava firme e isso me passava a impressão de que não era apenas eu que estava achando aquela pseudodespedida a pior coisa do mundo. “Atenção passageiros do vôo 1577 com destino à São Paulo…” era a chamada do meu vôo. Nós nos dirigimos ao embarque e chegando lá as nossas mãos continuavam juntas como uma só. Eu te beijei e logo abracei por um longo tempo. “Será que eram aqueles os últimos entre nós?” não me recordo nem a quantidade de vezes que isso passou pela minha cabeça, isso aconteceu com você também? Enfim, acho que as lágrimas, mesmo que discretas por conta da força que eu estava fazendo para as segura-las, que escorreram pelo meu rosto, me denunciaram quanto a vontade que eu tinha de ficar ao seu lado pra sempre…

Assim foi resumidamente o que aconteceu no tempo, mesmo que pequeno, que passamos juntos. Escrevi tudo isso, contei resumidamente o que aconteceu conosco pra te fazer uma pergunta: Promete pra mim que tudo isso irá voltar?”. Não quero que seja do mesmo jeito. Não quero que seja agora, apenas quero que os seus olhos se percam novamente nos meus. Apenas quero que os seus lábios toquem, o mais rápido, possível nos meus. Apenas quero sentir de novo que você é minha, e só minha, como senti todas as vezes que estávamos juntos. Promete pra mim que não importa se as estrelas mudem, você vai continuar me esperando novamente? Promete pra mim?
Eu te amo.

Amigo: E se você pudesse falar algo pra ela, o que seria?Ele: Se algum dia você se sentir mal ou sozinha, olhe para o céu e contemple as estrelas. Perceba que apesar de longe, você consegue tê-las mais perto do que imagina. Ou quem sabe, tente conta-las… Sei que é impossível, não? Existem bilhões delas pelo céu, mas nem todas elas juntas são maiores que o meu amor por você. 

Amigo: E se você pudesse falar algo pra ela, o que seria?
Ele: Se algum dia você se sentir mal ou sozinha, olhe para o céu e contemple as estrelas. Perceba que apesar de longe, você consegue tê-las mais perto do que imagina. Ou quem sabe, tente conta-las… Sei que é impossível, não? Existem bilhões delas pelo céu, mas nem todas elas juntas são maiores que o meu amor por você. 

Ela me mandava mensagens todos os dias de manhã com um simples “bom dia” ou até mesmo me falando o quanto me amava e sentia a minha falta. Ao longo do dia nós conversávamos sobre coisas normais que aconteciam no nosso dia a dia, como as garotas do colégio dela, o nosso passado e, principalmente, da falta que cada um fazia no dia do outro. No anoitecer ela sempre me desejava boa noite e dizia pra eu sonhar com os anjos porque eles existiam, mas eu nunca acreditei nisso.O tempo passou, as coisas mudaram e nada disso mais continuou. Hoje eu acordo já com o celular na mão na esperança de ao acordar perceber que ela me mandou alguma mensagem dizendo um pequeno e singelo “bom dia” ou até mesmo que estava com saudades de mim. Com o passar do dia fico torcendo pra que ela venha falar comigo e contar como foi o seu dia, o que aconteceu e essas coisas que antigamente eram praticamente obrigatórias no nosso dia-a-dia. E quando anoitece? Bom, nesse momento eu fico torcendo pra receber uma ligação dela me desejando boa noite e dizendo que me ama ainda. Estranho, essas coisas eram tão rotineiras em nossas vidas e hoje passam longe de acontecer. Percebo que devia ter feito coisas que tinha vontade. Quando ela me acordava com aquelas mensagens eu nunca falei à ela o tamanho do sorriso que abria no meu rosto. Quando ela me dividia as frustrações, felicidade e acontecimentos do seu dia, eu nunca falei mas me deixava em paz pois assim eu me sentia perto dela. Quando ela me desejava boa noite e pedia pra eu acreditar nos anjos pois eles iriam me proteger, eu nunca falei mas apenas me vinha uma coisa na minha cabeça e que entalava na minha garganta “você é o meu anjo, minha linda”. Pois é… Talvez ela não saiba, mas quando eu deito a minha cabeça no travesseiro a primeira pessoa que me vem é ela, e que a única coisa que eu queria antes de dormir era ouvir a voz dela. 

Ela me mandava mensagens todos os dias de manhã com um simples “bom dia” ou até mesmo me falando o quanto me amava e sentia a minha falta. Ao longo do dia nós conversávamos sobre coisas normais que aconteciam no nosso dia a dia, como as garotas do colégio dela, o nosso passado e, principalmente, da falta que cada um fazia no dia do outro. No anoitecer ela sempre me desejava boa noite e dizia pra eu sonhar com os anjos porque eles existiam, mas eu nunca acreditei nisso.
O tempo passou, as coisas mudaram e nada disso mais continuou. Hoje eu acordo já com o celular na mão na esperança de ao acordar perceber que ela me mandou alguma mensagem dizendo um pequeno e singelo “bom dia” ou até mesmo que estava com saudades de mim. Com o passar do dia fico torcendo pra que ela venha falar comigo e contar como foi o seu dia, o que aconteceu e essas coisas que antigamente eram praticamente obrigatórias no nosso dia-a-dia. E quando anoitece? Bom, nesse momento eu fico torcendo pra receber uma ligação dela me desejando boa noite e dizendo que me ama ainda. 
Estranho, essas coisas eram tão rotineiras em nossas vidas e hoje passam longe de acontecer. Percebo que devia ter feito coisas que tinha vontade. Quando ela me acordava com aquelas mensagens eu nunca falei à ela o tamanho do sorriso que abria no meu rosto. Quando ela me dividia as frustrações, felicidade e acontecimentos do seu dia, eu nunca falei mas me deixava em paz pois assim eu me sentia perto dela. Quando ela me desejava boa noite e pedia pra eu acreditar nos anjos pois eles iriam me proteger, eu nunca falei mas apenas me vinha uma coisa na minha cabeça e que entalava na minha garganta “você é o meu anjo, minha linda”. Pois é… Talvez ela não saiba, mas quando eu deito a minha cabeça no travesseiro a primeira pessoa que me vem é ela, e que a única coisa que eu queria antes de dormir era ouvir a voz dela. 

Os anos se passaram e muitas coisas aconteceram. Você achou que tinha esquecido aquela história, que aquele caso já havia se enterrado, até o momento que falam o nome dela. O seu corpo, por um instante, se paralisa e a única coisa que continua a se mover, e rapidamente, é o seu coração. Pois é, por um pequeno tempo você acha que tudo aquilo irá voltar. E talvez volte mesmo porque, quem sabe, você nunca a tenha esquecido. Mil coisas passam pela sua cabeça. Tudo que você disse. Tudo que ela disse. Tudo que foi deixado para trás. Naquele momento você achou que era o certo fazer aquilo, trocar o certo pelo duvidoso, mas hoje você percebe que não era bem assim. Hoje você percebe que devia ter pensado melhor, pois talvez fosse se machucar menos. Os outros dizem que você ainda não a esqueceu, mas você nega mesmo sabendo que aquilo talvez seja verdade. Quando perguntam qual é o seu tipo de pessoa perfeita, se pega a descrevendo. E ainda quando se lembra de tudo que passou, um sorriso abre inesperadamente no seu rosto. Não estou falando que isso é amor. Não estou falando que a sua escolha talvez tenha sido a errada. O que eu estou falando é que são inúmeras as vezes que você se pega pensando “e se tivesse continuado, como teria sido?”. É aquela dúvida de que se não tivesse ido embora e deixado pra trás tudo que havia conquistado, se tudo seria mais fácil. E no fundo, bem no fundo, você sabe que seria. Mas sabe como são as coisas, a vida é feita de escolhas, e eu não te escolhi naquele momento.

Os anos se passaram e muitas coisas aconteceram. Você achou que tinha esquecido aquela história, que aquele caso já havia se enterrado, até o momento que falam o nome dela. O seu corpo, por um instante, se paralisa e a única coisa que continua a se mover, e rapidamente, é o seu coração. Pois é, por um pequeno tempo você acha que tudo aquilo irá voltar. E talvez volte mesmo porque, quem sabe, você nunca a tenha esquecido. 
Mil coisas passam pela sua cabeça. Tudo que você disse. Tudo que ela disse. Tudo que foi deixado para trás. Naquele momento você achou que era o certo fazer aquilo, trocar o certo pelo duvidoso, mas hoje você percebe que não era bem assim. Hoje você percebe que devia ter pensado melhor, pois talvez fosse se machucar menos. 
Os outros dizem que você ainda não a esqueceu, mas você nega mesmo sabendo que aquilo talvez seja verdade. Quando perguntam qual é o seu tipo de pessoa perfeita, se pega a descrevendo. E ainda quando se lembra de tudo que passou, um sorriso abre inesperadamente no seu rosto. Não estou falando que isso é amor. Não estou falando que a sua escolha talvez tenha sido a errada. O que eu estou falando é que são inúmeras as vezes que você se pega pensando “e se tivesse continuado, como teria sido?”. É aquela dúvida de que se não tivesse ido embora e deixado pra trás tudo que havia conquistado, se tudo seria mais fácil. E no fundo, bem no fundo, você sabe que seria. Mas sabe como são as coisas, a vida é feita de escolhas, e eu não te escolhi naquele momento.

Ele gostava dela apesar do jeito meio grosso com ele às vezes. Ele gostava dela apesar dela nunca ter afirmado que gostava dele do mesmo jeito. Ele gostava dela mesmo sabendo que eles nunca fiquem juntos. Ele gostava dela e até dos ataques sem noção que ela dava de vez em quando. Ele gostava dela mesmo sabendo que nada que ela escrevia era sobre ele ou para o mesmo. Ele gostava dela às vezes até mais do que devesse. Ele gostava dela apesar de tudo que já foi dito. Ele gostava dela apesar de poder ter qualquer outra, menos ela. Ele gostava dela e da voz meio rouca que ela tinha. Ele gostava dela mesmo com toda a distância física e a que ela criava entre eles. Ele gostava dela sabendo que talvez não valesse a pena. Ele gostava dela e isso bastava. 

Ele gostava dela apesar do jeito meio grosso com ele às vezes. Ele gostava dela apesar dela nunca ter afirmado que gostava dele do mesmo jeito. Ele gostava dela mesmo sabendo que eles nunca fiquem juntos. Ele gostava dela e até dos ataques sem noção que ela dava de vez em quando. Ele gostava dela mesmo sabendo que nada que ela escrevia era sobre ele ou para o mesmo. Ele gostava dela às vezes até mais do que devesse. Ele gostava dela apesar de tudo que já foi dito. Ele gostava dela apesar de poder ter qualquer outra, menos ela. Ele gostava dela e da voz meio rouca que ela tinha. Ele gostava dela mesmo com toda a distância física e a que ela criava entre eles. Ele gostava dela sabendo que talvez não valesse a pena. Ele gostava dela e isso bastava. 

Garota, Você já se deu conta do que representa pra mim? Já pensou que eu sinto quando algo está errado com você? Já se tocou que eu sempre estarei ao seu lado? Já fez tudo isso pelo menos uma vez?  Toda vez que eu percebo que algo está errado com você é como se eu me sentisse a pior pessoa do mundo. Eu sei que a culpa não é minha, mas mesmo assim me sinto culpado. Queria poder fazer algo para te ajudar, eu até tiraria os seus problemas e passaria pra mim. Você nunca saberá como é complicado ver a garota que você mal e não poder fazer absolutamente nada. O que eu sinto? Me sinto um incapaz, um babaca do mais alto nível. Acho que no final acaba doendo mais em mim do que em você. Tem horas que eu te odeio com todas as minhas forças, principalmente quando eu penso que você pode estar gostando de outro cara, mas logo em seguida eu lembro do seu sorriso, da sua voz e automaticamente abre um sorriso no meu rosto e eu não consigo mais pensar em mais nada além do quanto eu queria que você tivesse junto comigo. Sei que isso parece egoísmo mas eu sou humano, e apesar de querer o seu bem acima de tudo e todos, também quero você comigo. Enfim, o que eu quero que você entenda de uma vez por todas é que não importa o que seja, eu estou com você. Não importa qual assunto seja, até mesmo de outro cara, eu sempre, sempre mesmo, vou estar livre para te escutar. Eu só quero o seu bem, mesmo que seja aqui, ali, ai ou na China, não importa… Se for para te fazer feliz, eu topo tudo. 

Garota, 

Você já se deu conta do que representa pra mim? Já pensou que eu sinto quando algo está errado com você? Já se tocou que eu sempre estarei ao seu lado? Já fez tudo isso pelo menos uma vez?

 Toda vez que eu percebo que algo está errado com você é como se eu me sentisse a pior pessoa do mundo. Eu sei que a culpa não é minha, mas mesmo assim me sinto culpado. Queria poder fazer algo para te ajudar, eu até tiraria os seus problemas e passaria pra mim. Você nunca saberá como é complicado ver a garota que você mal e não poder fazer absolutamente nada. O que eu sinto? Me sinto um incapaz, um babaca do mais alto nível. Acho que no final acaba doendo mais em mim do que em você. 
Tem horas que eu te odeio com todas as minhas forças, principalmente quando eu penso que você pode estar gostando de outro cara, mas logo em seguida eu lembro do seu sorriso, da sua voz e automaticamente abre um sorriso no meu rosto e eu não consigo mais pensar em mais nada além do quanto eu queria que você tivesse junto comigo. Sei que isso parece egoísmo mas eu sou humano, e apesar de querer o seu bem acima de tudo e todos, também quero você comigo.
Enfim, o que eu quero que você entenda de uma vez por todas é que não importa o que seja, eu estou com você. Não importa qual assunto seja, até mesmo de outro cara, eu sempre, sempre mesmo, vou estar livre para te escutar. Eu só quero o seu bem, mesmo que seja aqui, ali, ai ou na China, não importa… Se for para te fazer feliz, eu topo tudo. 

o que é esse heello que tu falou? fiquei curiosa, hahahah asked by leticiabusatto

É um “novo twitter” ! Pra quem tiver, me listen lá http://heello.com/meninoyuri

Eu casaria com você. É, eu to falando sério, realmente casaria com você de aliança e tudo mais. Nós passaríamos a nossa lua de mel no lugar mais lindo que você quisesse, essa seria apenas a primeira de muitas viagens casados que nós faríamos. Depois de um tempo teríamos os nossos filhos. Uma menina. Ou um menino. Quem sabe um menino e uma menina, não importa. Enfim, eu ensinaria para o garoto a andar de skate, e você ensinaria para a garota tudo que sabe. Eles iam crescer e provavelmente nós seriamos chamados inúmeras vezes no colégio por causa de brincadeiras feitas lá ou até mesmo notas baixas. Ah, e com o tempo eles iriam crescer e ficar adolescentes, o que nos distanciaria um pouco deles. Conheceríamos os namorados e namoradas deles e eu intimidaria os garotos porque morreria de ciúmes da minha filha, e você tentaria se entrosar com as garotas para saber se elas realmente mereciam o nosso filho.Bom, o tempo iria passar mais uma vez e os nossos filhos se casariam, nos dando depois netos, aqueles mesmos que nós mimaríamos mais do que tudo. Nessa época a casa já estaria grande demais para nós dois, tirando aos domingos que seria quando a família se reuniria para um almoço. É, nós teríamos mais tempo para voltar a viver tudo que já passou, como dois adolescentes ou recém-casados. Viajaríamos para todos os lugares que você tivesse vontade, porque eu sei que quando mais novo não fazíamos tanto isso como queríamos já que eu trabalhava direto e tirando os feriados e finais de semana era tudo muito corrido. Enfim, por fim essa fase de nossas vidas iria acabar, e espero que eu seja o primeiro à partir, porque sei que não aguentaria a dor de ver a mulher da minha vida me deixando depois de tudo que se foi passado. Mas eu sei, que mesmo isso, a morte, não iria nos separar, pois eu tenho certeza que te conheço bem antes de tudo isso, acho que até de outras vida. Eu te amo, e se você quiser, eu caso com você. 

Eu casaria com você. É, eu to falando sério, realmente casaria com você de aliança e tudo mais. Nós passaríamos a nossa lua de mel no lugar mais lindo que você quisesse, essa seria apenas a primeira de muitas viagens casados que nós faríamos. Depois de um tempo teríamos os nossos filhos. Uma menina. Ou um menino. Quem sabe um menino e uma menina, não importa. Enfim, eu ensinaria para o garoto a andar de skate, e você ensinaria para a garota tudo que sabe. Eles iam crescer e provavelmente nós seriamos chamados inúmeras vezes no colégio por causa de brincadeiras feitas lá ou até mesmo notas baixas. Ah, e com o tempo eles iriam crescer e ficar adolescentes, o que nos distanciaria um pouco deles. Conheceríamos os namorados e namoradas deles e eu intimidaria os garotos porque morreria de ciúmes da minha filha, e você tentaria se entrosar com as garotas para saber se elas realmente mereciam o nosso filho.
Bom, o tempo iria passar mais uma vez e os nossos filhos se casariam, nos dando depois netos, aqueles mesmos que nós mimaríamos mais do que tudo. Nessa época a casa já estaria grande demais para nós dois, tirando aos domingos que seria quando a família se reuniria para um almoço. É, nós teríamos mais tempo para voltar a viver tudo que já passou, como dois adolescentes ou recém-casados. Viajaríamos para todos os lugares que você tivesse vontade, porque eu sei que quando mais novo não fazíamos tanto isso como queríamos já que eu trabalhava direto e tirando os feriados e finais de semana era tudo muito corrido. Enfim, por fim essa fase de nossas vidas iria acabar, e espero que eu seja o primeiro à partir, porque sei que não aguentaria a dor de ver a mulher da minha vida me deixando depois de tudo que se foi passado. Mas eu sei, que mesmo isso, a morte, não iria nos separar, pois eu tenho certeza que te conheço bem antes de tudo isso, acho que até de outras vida. Eu te amo, e se você quiser, eu caso com você. 

Quando eu era mais novo o meu pai me disse que o dia em que eu me apaixonasse a garota nunca mais iria sair da minha cabeça. Eu acordaria pensando nela, passaria o dia pensando nela, iria dormir pensando nela e sonharia até com ela. Confesso que nunca acreditei muito nisso, achava que era exagero uma pessoa conseguir habitar a minha mente o dia inteiro, mas tudo isso mudou quando eu conheci uma garota. Bom, ela não era só uma garota, ela era a garota que o meu pai falava, aquela que ele falava que viveria na minha cabeça. Outra coisa que o meu pai sempre me falava era que quando eu a encontrasse que nunca a deixasse partir, porque eu sentiria algo inexplicável, uma dor fora do comum. Mas como sempre eu não acreditei no que ele dizia, paguei para ver e ela se foi de mim sem ao menos eu a ter tido por completo. Corri atrás, me esforcei, e mostrei pra ela o quanto idiota eu era. Isso foi um sacrifício pra mim, porque eu nunca dei o braço à torcer sobre nada na minha vida, mas naquele momento era diferente… Era fazer isso ou deixar a mulher da minha vida ir embora levando consigo uma parte de mim, o meu coração. Eu nunca a tive, e talvez nunca a tenha, mas aprendi muitas coisas com o meu pai que me ajudam nessa parte. Lembro que um dia nós, eu e o meu pai, estávamos sentados na praia e já era final de tarde, então eu disse que era estranho só nós dois ali sozinhos, sem a minha mãe, e ele concordou, e me disse uma coisa que eu jamais vou esquecer na minha vida, lembro de cada palavra usada… “Realmente filho, sem a sua mãe aqui tudo fica estranho. Estou sentado aqui na areia, olhando o mar e vendo esse pôr do sol maravilhoso, mas me sinto incompleto. Eu poderia ter qualquer dinheiro no mundo, qualquer mulher também, mas mesmo assim não teria um décimo da felicidade que tenho quando estou junto a sua mãe. Tenho medo de perde-la, mas sei que se isso um dia acontecer eu vou correr atrás, dar o melhor de mim para tê-la de volta, porque, filho, ela é a mulher da minha vida. Então quando se sentir assim, vazio mesmo com tudo de mais perfeito que a vida possa te oferecer, lembre-se que você encontrou a mulher que irá te fazer o homem mais feliz do mundo.”. Foi exatamente isso que o meu pai me disse, e hoje eu percebo que eu não posso deixar aquela garota ir embora nunca mais da minha vida, porque ela se tornou a minha vida. E você quer saber quem é essa mulher? É você. Eu te amo, e muito obrigado por existir e me fazer o homem mais feliz do mundo por isso. Te quero hoje e sempre comigo, promete nunca me deixar? Eu prometo nunca deixar de te amar.  

Quando eu era mais novo o meu pai me disse que o dia em que eu me apaixonasse a garota nunca mais iria sair da minha cabeça. Eu acordaria pensando nela, passaria o dia pensando nela, iria dormir pensando nela e sonharia até com ela. Confesso que nunca acreditei muito nisso, achava que era exagero uma pessoa conseguir habitar a minha mente o dia inteiro, mas tudo isso mudou quando eu conheci uma garota. Bom, ela não era só uma garota, ela era a garota que o meu pai falava, aquela que ele falava que viveria na minha cabeça. 
Outra coisa que o meu pai sempre me falava era que quando eu a encontrasse que nunca a deixasse partir, porque eu sentiria algo inexplicável, uma dor fora do comum. Mas como sempre eu não acreditei no que ele dizia, paguei para ver e ela se foi de mim sem ao menos eu a ter tido por completo. Corri atrás, me esforcei, e mostrei pra ela o quanto idiota eu era. Isso foi um sacrifício pra mim, porque eu nunca dei o braço à torcer sobre nada na minha vida, mas naquele momento era diferente… Era fazer isso ou deixar a mulher da minha vida ir embora levando consigo uma parte de mim, o meu coração.
Eu nunca a tive, e talvez nunca a tenha, mas aprendi muitas coisas com o meu pai que me ajudam nessa parte. Lembro que um dia nós, eu e o meu pai, estávamos sentados na praia e já era final de tarde, então eu disse que era estranho só nós dois ali sozinhos, sem a minha mãe, e ele concordou, e me disse uma coisa que eu jamais vou esquecer na minha vida, lembro de cada palavra usada… “Realmente filho, sem a sua mãe aqui tudo fica estranho. Estou sentado aqui na areia, olhando o mar e vendo esse pôr do sol maravilhoso, mas me sinto incompleto. Eu poderia ter qualquer dinheiro no mundo, qualquer mulher também, mas mesmo assim não teria um décimo da felicidade que tenho quando estou junto a sua mãe. Tenho medo de perde-la, mas sei que se isso um dia acontecer eu vou correr atrás, dar o melhor de mim para tê-la de volta, porque, filho, ela é a mulher da minha vida. Então quando se sentir assim, vazio mesmo com tudo de mais perfeito que a vida possa te oferecer, lembre-se que você encontrou a mulher que irá te fazer o homem mais feliz do mundo.”. Foi exatamente isso que o meu pai me disse, e hoje eu percebo que eu não posso deixar aquela garota ir embora nunca mais da minha vida, porque ela se tornou a minha vida. 
E você quer saber quem é essa mulher? É você. Eu te amo, e muito obrigado por existir e me fazer o homem mais feliz do mundo por isso. Te quero hoje e sempre comigo, promete nunca me deixar? Eu prometo nunca deixar de te amar.  

Eu ando percebendo que me importo bem mais com você do que comigo mesmo. Quando eu vejo que você não está bem a minha vontade é levantar na hora e ir correndo só pra poder te abraçar e tentar te ajudar a ficar melhor. Sabe o que parece? Parece que a sua dor dói muito mais em mim do que em você. Não sei ao certo o porque, mas talvez seja porque te vendo sofrer eu perceba que não sou bom o suficiente para te proteger, me sinto um incapaz. Você me perdoa? Me perdoa porque deixar você derramar uma lágrima? Acredita em mim que se eu pudesse te daria o meu sorriso todas as vezes que percebo algo de errado? Por favor, acredite porque tudo isso é verdade. Eu te amo e sou capaz de tudo pra te ver feliz.

Eu ando percebendo que me importo bem mais com você do que comigo mesmo. Quando eu vejo que você não está bem a minha vontade é levantar na hora e ir correndo só pra poder te abraçar e tentar te ajudar a ficar melhor. Sabe o que parece? Parece que a sua dor dói muito mais em mim do que em você. Não sei ao certo o porque, mas talvez seja porque te vendo sofrer eu perceba que não sou bom o suficiente para te proteger, me sinto um incapaz. Você me perdoa? Me perdoa porque deixar você derramar uma lágrima? Acredita em mim que se eu pudesse te daria o meu sorriso todas as vezes que percebo algo de errado? Por favor, acredite porque tudo isso é verdade. Eu te amo e sou capaz de tudo pra te ver feliz.

o que voce viu nessa @ffernandinha ? nao entendo asked by Anonymous

Tudo que não encontrei em nenhuma garota e que eu sempre quis.

melhoras pra ti, coisa linda asked by Anonymous

Já estou bem melhor, obrigado pela preocupação.

Se precisar me chama =( asked by des-afeto-deactivated20111126-d

Valeu, Isa!

A verdade é que você pode estar aqui, ali ou na China, não importa. E sabe o por que? Porque eu sempre vou te amar cada dia mais e mais. 

A verdade é que você pode estar aqui, ali ou na China, não importa. E sabe o por que? Porque eu sempre vou te amar cada dia mais e mais. 

Nº. 1 of  77